Arquivo de Tag | solitários

Quantas vezes

Não, não fale de amor,

não é preciso,

não agora.

Porque o que verto,

o que exalo,

ao toque, ou ao menos

ao desejo do toque,

já me basta.

E nas tardes quentes,

não tão quentes quanto ao que

acorda o meu desejo e anseio,

minhas mãos sobre mim,

simulando as tuas,

consolam-me.

Só meus lábios solitários

de tão intensos a desejar-te,

pedem os teus,

pedem por socorro,

pedem por tua língua,

teu idioma silencioso

falando-me apenas,

te quero em mim.

Quantas vezes fiz amor

contigo em pensamento,

Nem sei…

Mas enroscaste em mim,

e então me perdi,

de desejo,

em sonhos,

com beijos.

Com teu devorar-me.

Mas sempre,

o que mais me prendeu

ao imaginar-te,

foi no fim de tudo,

afogar-me nesse mel

do mar profundo dos olhos teus.

*

Enluarada

*

Serei seu sonho, serei seu desejo,
Serei sua fantasia
Serei sua esperança, o seu amor,
serei tudo o que você precisa
Te amarei com toda a força do meu ser
Verdadeiramente, loucamente e intensamente
Serei forte, serei fiel.

 

Pois estou contando com um novo começo
Uma razão para viver.
Um sentido mais profundo.

Trecho das lindas palavras traduzidas desta musica: Truly, Madly, Deeply – Savage Garden

Anúncios