Arquivo de Tag | deleite

Delícia

MO%C3%87A%20DE%20ROSA%20CORRENDO%20NA%20PRAIA

Hoje me senti deliciosamente inspirada. Cheguei em casa e resolvi escrever. Mas parei por um momento e pensei: qual o significado definido por um dicionário para a palavra delícia? Encontrei um dicionário, abri na palavra Delícia e procurei os sinônimos: Prazer intenso. Sensação agradável ou deleitosa. Encanto, gozo, deleite.

Mas claro, como de praxe, não fiquei satisfeita. Minha delícia é bem melhor. Minha delícia é muito mais. Então eis a minha definição:

Delícia é correr de encontro ao vento

Descalça na areia irradiando sentimento

Delícia é ter no coração mais que por um momento

O fulgor da existência de um grande contentamento

***

Delícia é erguer a face na chuva a cair

Deixar a água fria na pele deslizar

Delícia é sentir o corpo arrepiar

É sentir leveza ao pensar no que há de vir

***

Delícia é com mel lambuzar

Essa boca que um dia vais beijar

Delícia é o doce do sonhar

O sonho de colorir o amar

***

Delícia é com as mãos um arco-íris pintar

Com o pensamento ao céu subir e viajar

De lá de cima ver o mar e mergulhar

O frio no estômago sentir e gritar

***

Delícia é a cor dos seus olhos meigos

O toque suave de seus afagos

Até a saudade é delícia nos âmagos

De uma paixão explodindo em luz quais fogos

***

Delícia é essa lembrança que criei

Onde já me perdi e me encontrei

Espaço cheio de estrelas onde me enxerguei

É descansar nos braços de quem amei

***

Delícia são delírios em meio a sussurros

Encontrar luz na vida em momentos escuros

Delícia é poder falar de amor, de sentimentos puros

É quebrar barreiras, derrubar os muros

***

Delícia é sentir-se encontrada por um coração poeta

Que de longa distância transpõe a tormenta

É poder acreditar que tenho a resposta

E que o amor é a verdade que importa

***

Delícia é sentir o perfume das flores

Como se fosse a primeira vez que sentisses

A descoberta de grandes e pequenas coisas

De sensações, sentidos e prazeres

***

Delícia é poder ver de olhos fechados

Saber que se nessa vida nos perdemos

De alguma forma acabamos encontrados

E ninguém nos tira o direito de sermos amados

***

Delícia é conversa boa, falar a verdade

Delícia é a imensidão da liberdade

Sentir que existe a plenitude

Mesmo quando surgem coisas que não se entende

***

Delícia é o cantar de pássaros, musica do coração

O dom de ouvir e de compor uma canção

A melodia do vento ao soprar a plantação

Delícia é o perfume da rosa em botão

***

Delícia é correr pular e rodopiar

O cheiro da dama da noite no ar

Delícia é a lembrança do tempo a passar

Das coisas boas que o amor faz lembrar

***

Delícia tem cheiro, tem forma e tem cor

É mais que deleite e prazer encantador

Delícia é a junção de tudo que intenso for

E não há maior delícia  que viver um grande e verdadeiro amor.

*

Enluarada

*

Ao som inspirador  de Paula Fernandes  – Meu eu em vocêPássaro de Fogo; Canções do vento Sul.

Anúncios