Névoa

Quisera eu ser livre,

livre como a névoa da manhã

que envolve meu amado

e penetra em sua alma

sem ao menos ele perceber.

E ao respirar-me profundamente

sentisse o perfume de meus sonhos

e pudesse sonhar também.

Em meio a esses devaneios

seus olhos como o mar

desaguariam em minha direção

tomando-me eternamente

e nessa hora

não desejaria eu  ser livre,

mas almejaria prender-me

para sempre dentro de ti.

*

Enluarada

*

“O teu corpo é luz, sedução, poema divino cheio de esplendor. Teu sorriso prende, inebria, entontece…és fascinação amor…” Elís Regina – Fascinação

Anúncios

Um pensamento sobre “Névoa

  1. caramba,vou confessar,isso aqui,ta ficando,cada dia mais bonito,e mais sensual…os poemas são de uma sensibilidade fantástica…as imagens perfeitas…Tudo de muito bom gosto.Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s